Inovação: novas tendências

//Inovação: novas tendências

Inovação: novas tendências

Inteligência artificial, 5G e smart speakers estão entre as principais tendências de inovação, de acordo com o estudo TMT Predictions 2019, da Deloitte.

  • Base instalada de smart speakers deverá alcançar 250 milhões de unidades até o final do ano
  • Redes 5G começam a funcionar em 2019 e, em 2020, cerca de 50 operadoras vão oferecer este serviço
  • Em 2019, entre as empresas que utilizam Inteligência Artificial, 70% vão utilizar estas capacidades por meio das clouds

Fonte: Deloitte

A democratização da inteligência artificial, a aposta nas redes wireless de quinta geração (5G) e o aumento da base instalada de smart speakers estão entre as principais tendências de Tecnologia, Mídia e Telecomunicações para 2019 – é o que aponta o estudo TMT Predictions, da Deloitte.

De acordo com os resultados alcançados, as empresas irão acelerar o ritmo da adoção de serviços e softwares de inteligência artificial (IA) baseada na cloud. Entre as empresas que utilizam IA, 70% irão utilizar essa tecnologia por meio de softwares corporativos baseados na cloud e 65% vão criar aplicações IA utilizando serviços de desenvolvimento baseados na cloud.

Até 2020, a taxa de penetração de softwares corporativos com IA embutida e os serviços de desenvolvimento de IA baseados na cloud irão atingir percentagens estimadas de 87% e 83%, respectivamente.  

“Até ao momento, os benefícios iniciais da IA foram predominantemente acumulados pelos gigantes tecnológicos com generosos recursos financeiros, uma sólida infraestrutura de TI e capital humano altamente especializado” explica Sérgio do Monte Lee, Partner e Technology, Media & Telecom Leader da Deloitte. “No entanto, a cloud irá potenciar aumentos de eficiência e melhores retornos de investimento, e esperamos que estes benefícios se expandam rapidamente e alcancem outras empresas que não as pioneiras de IA, generalizando-se”, completou.

.

A chegada da nova rede: 5G

As redes de quinta geração (5G) vão chegar em grande escala, possibilitando conexões mais rápidas para consumidores e empresas. O ano de 2019 será o ponto de partida para esta revolução na indústria.

As empresas de telecomunicações têm apostado cada vez mais no desenvolvimento das redes 5G. De acordo com os dados desta pesquisa, em 2018 cerca de 72 operadores concentraram os seus esforços em testes de oferta e, até ao final de 2019, cerca de 25 operadoras irão lançar serviços 5G, um número que deverá duplicar até 2020. No total, mais de um milhão de dispositivos móveis 5G será vendido durante este ano, e esse número deverá alcançar 15 a 20 milhões até 2020.

O 5G pode aumentar a capacidade de tráfego e a eficiência de rede em 100 vezes em comparação com o 4G. Esta tendência tem um enorme potencial transformativo no futuro da conectividade em todo o mundo.

.

Tecnologias de reconhecimento de voz

Em 2019, os smart speakers fazem parte de um mercado potencial de US$7 bilhões de dólares, sendo a categoria de dispositivos conectados com o mais rápido crescimento observado.

Estes “auto-falantes inteligentes” continuam a ser vendidos em um bom ritmo. Estima-se que cerca de 164 milhões de unidades já foram comercializadas a um preço médio de US$43 (cerca de R$170). Prevê-se que as receitas totais subam 63% em 2019, quando comparadas com os US$4,3 bilhões registados em 2018.

No entanto, as tecnologias de reconhecimento de voz terão ainda de melhorar a abrangência da sua oferta, ampliando a capacidade de suporte em maior número de idiomas para assegurar uma maior adoção deste tipo de produto à escala global.

.

“Da inteligência artificial às redes 5G, este estudo demonstra que a acessibilidade a tecnologias avançadas está melhorando significativamente, e há um enorme potencial para melhorar a conectividade e aumentar exponencialmente a inovação de produtos e serviços” reforça Sergio do Monte Lee.

O estudo anual TMT Predictions da Deloitte oferece uma visão das grandes tendências globais nas indústrias de tecnologia, media e telecomunicações, que irão marcar os próximos cinco anos.

Você pode baixar o estudo completo (em inglês) aqui.

Imagens: Nasa (capa) e internas: Mohamed Hassan, CSTRSK e Computerizer (Pixabay)

2019-06-09T17:38:54+00:00

About the Author:

Leave A Comment